AS DIFICULDADES ACERCA DA FIGURA DO NEGÓCIO JURÍDICO FIDUCIÁRIO E DO TRUST

João Pedro de Oliveira de Biazi

Resumo


O presente artigo tem como objetivo identificar as características essenciais dos negócios jurídicos fiduciários, contribuindo, desta maneira, para a identificação mais clara de seu modelo hermenêutico no direito brasileiro. A investigação passa pela análise dos elementos históricos da fidúcia e da experiência anglo-saxã em torno do Trust.

Palavras-chave


negócio jurídico; negócio fiduciário; trust; fidúcia

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, José Carlos Moreira. A retrovenda, Rio de Janeiro, Borsoi, 1967.

______. Da alienação fiduciária em garantia, 3ª edição, Rio de Janeiro, Forense, 1987.

______. Direito Romano, volume I, 9º edição, Rio de Janeiro, Forense, 1995.

ASCARELLI, Tullio. Contrato Misto, Negócio Indireto, ''Negotium mixtum cum donatione'', Revista dos Tribunais, 101, 925, 2012.

______. Negócio Jurídico Indirecto, Jornal do Fôro, Lisboa, 1965.

AZEVEDO, Álvaro Villaça Azevedo, Contratos Inominados ou Atípicos e Negócio Fiduciário, 3ª edição, Belém, CEJUP, 1988.

AZEVEDO, Antônio Junqueira de. Negócio Jurídico e declaração negocial: noções gerais e formação da declaração negocial, São Paulo, s.c.p., 1986.

______. Negócio Jurídico: existência, validade e eficácia, 4ª edição, São Paulo, Saraiva, 2013.

BAREA Juan B. Jordano. El Negocio Fiduciario, Barcelona, J. M. Bosch Editor, 1959.

BETTI, Emilio. Teoria generale del negozio giuridico, 2ª edição, Napoli, Edizioni Scientifiche Italiane, 2002.

BONFANTE, Pietro, Instituciones de Derecho Romano, tradução em espanhol de Luis Bacci e Andrés Larrosa, 8ª edição, Madrid, Reus, 1951.

BURDESE, Alberto Burdese, Manuale di Diritto Privato Romano, 4ª edição, Torino, UTET Giuridica, 2000.

BUTERA, Antonio. Dela Simulazione nei Negozi Giuridici, Torino, Tipografica Editrice Torinense, 1936.

CARRESI, Franco. Il Contratto, Millano, Giuffrè, 1987.

CARVALHO, Orlando de. Negócio jurídico indireto, Bol. Fac. Direito da Universidade de Coimbra, 10, I, 1952.

CHALHUB, Melhim Namem. Negócio fiduciário, 3ª edição, Rio de Janeiro, Renovar, 2006.

______. Trust, Revista Doutrinária, 5, 5, 2002.

______. Trust: breves considerações sobre sua adaptação aos sistemas jurídicos de tradição romana. Revista dos Tribunais, 90, 790, 2001.

______. Trust-fiducia: repercussões do Instituto Anglo-americano de Direito Brasileiro, Revista de Direito do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, 51, 2002.

CORDEIRO, António Manuel da Rocha e Menezes. Tratado de direito civil português, volume I, tomo 1, 2ª edição, Coimbra, Almedina, 2000.

CORDEIRO, António Barreto Menezes. Do trust no direito civil. Coimbra, Almedina, 2014.

COSTA, Judith Hofmeister Martins. Os negócios fiduciários: considerações sobre a possibilidade de acolhimento do “trust” no Direito brasileiro, Revista dos Tribunais, 79, 657, 1990.

COUTO E SILVA, Clóvis Veríssimo do. A obrigação como processo, Rio de Janeiro, FGV, 2006.

CRISCUOLI, Giovanni. Fiducia e fiducie in Diritto Privato: dai negozi fiduciari ai contratti uberrimae fidei, Rivista di Diritto Civile, 1983.

DAVID, René. Os grandes sistemas do direito contemporâneo, tradução em português de Hermínio A. Carvalho, 3ª edição, São Paulo, Martins Fontes, 1996.

DE CASTRO Y BRAVO, Frederico. El negocio Jurídico, Madrid, Civitas, 1985.

FERRARA, Francisco. A simulação dos negócios jurídicos. Campinas, Red Livros, 1999.

FERRARA, Luigi Cariota. I Negozi Fiduciari, Padova, Cedam, 1933.

FOERSTER, Gerd. O “trust” do direito anglo-americano e os negócios fiduciários no Brasil: Perspectiva de Direito Comparado (Considerações sobre o Acolhimento do 'Trust'' pelo Direito Brasileiro), Porto Alegre, Sergio Antonio Fabris, 2013.

FRANCHESCHELLI, Remo. Il “Trust” nel Diritto Inglese, Padova, Cedam, 1935.

______. La Garanzia Reale delle Obbligazioni nel Diritto Romano Classico e nel Diritto Inglese (“Fiducia cum Creditore” e “Mortgage”), Studi in Memoria di Aldo Albertoni, Padova, Cedam, 1938.

GARCÍA, Ricardo Olivera. El fideicomiso: versión latinoamericana del trust. Jornadas Brasileño-Uruguayas de Derecho Comercial, São Paulo, 2014.

GOMES, Orlando. Alienação fiduciária em garantia, 3ª edição, São Paulo, Revista dos Tribunais, 1972.

______. Introdução ao direito civil, Rio de Janeiro, Forense, 1977.

GRASSETTI, Cesare. Del Negozio Fiduciario e Della sua Ammissiblitá nel Nostro Ordinamento Giuridico, 34, 1, 1916.

HAYTON, David; MATTHEWS, Paul; MITCHELL, Charles. Underhill and

Hayton Law of Trusts and Trustees, 18 edição, London, LexisNexis, 2010.

IHERING, Rudof von. A luta pelo direito, tradução em português de João Vasconcellos, 16ª edição, Rio de Janeiro, Forense, 1996.

JOHNSTON, David. The Roman Law of Trusts. The Cambridge Law Journal, 48, 3, 1989.

LIMA, Otto de Souza Lima. Negócio Fiduciário, São Paulo, Revista dos Tribunais, 1962.

LUMINOSO, Angelo. La compravendita, 7ª edição, Torino, Giappichelli, 2011.

LIPARI, Nicolò. Il negozio fiduciario, Milano, Giuffrè, 1971.

MARINO, Francisco Paulo de Crescenzo. Interpretação do negócio jurídico, São Paulo, Saraiva, 2011.

______. Notas sobre o negócio jurídico fiduciário, Revista Trimestral de Direito Civil, Rio de Janeiro, 5, 20, 2004.

______. Tullio Ascarelli e o negócio jurídico indireto, Revista dos Tribunais, 101, 925, 2012.

MESSINA, Giuseppe Messina. Scritti Giuridici, volume I, Milano, Giuffrè, 1948.

MIRANDA, Custódio da Piedade Baldinho. Negócio jurídico indireto e negócios fiduciários, Revista de Direito Civil, Imobiliário, Agrário e Empresarial, 8, 29, 1984.

OLIVA, Milena Donato. Do Negócio Fiduciário à Fidúcia, São Paulo, Atlas, 2014.

PESTALOZZA, Filippo. Simlazione, Encicplopedia Giuridica Italiana, Milano, Società Editrice Libraria, 1925.

PONTES DE MIRANDA, Francisco Cavalcanti. Tratado de Direito Privado, tomo III, Rio de Janeiro, Borsoi, 1954.

______. Tratado de Direito Privado, tomo IV, Rio de Janeiro, Borsoi, 1954.

RADBRUCH, Gustav. Filosofia do direito, tradução em português de L. Cabral de Moncada, Coimbra, Arménio Amado, 1997.

RÁO, Vicente. Ato jurídico, 4ª edição, São Paulo, Revista dos Tribunais, 1999.

REGELSBERGER, Ferdinand. ''Zwei Beiträge zur Lehre von der Cession'', Archiv für die civilstische Praxis, LXIII, 1880.

RESTIFFE NETO, Paulo. Garantia fiduciária, 2ª edição, São Paulo, Revista dos Tribunais, 1976.

ROPPO, Vincenzo. Il Contratto del duemila, 3ª edição, Torino, Giappichelli, 2011.

______. Il Contratto, 2ª edição, Milano, Giuffrè, 2011.

SANTORO-PASSARELLI, Francesco. Dottrine generali del diritto civile, 9ª edição, Napoli, Casa Editrice Dott. Eugenio Jovene, 1997.

SCHULTZE, Alfred. Treuhänder im Geltenden Bürgerlichen Recht, Jherings Jahrbücher für die Dogmtik des bürgerlichen Rechts, 43, Sena, 1901.

SHEARS, Peter; STEPHENSON, Graham. James Introduction to English Law, 13ª edição, Oxford, Oxford University Press, 1996.

STUBER, Walter Douglas. A legitimidade do ''trust'' no Brasil, Revista de Direito Mercantil, 28, 76, 1989.

TEIXEIRA DE FREITAS, Augusto. Consolidação das Leis Civis, edição fac-similar, volume 1, Brasília, Senado Federal, 2003.

______. Esboço do Código Civil, edição fac-similar, volume 1, Brasília, Ministério da Justiça, 1983.

______. Esboço do Código Civil, edição fac-similar, volume 2, Brasília, Ministério da Justiça, 1983.

WALD, Arnoldo. Algumas considerações a respeito da utilização do ''trust'' no direito brasileiro, Revista de Direito Mercantil, 34, 99, 1995.

WATERS, Donovan W.M., The institution of the trust in civil and common law, Recueil des Cours, 252, 113, 1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Científica da Academia Brasileira de Direito Civil. Juiz de Fora, MG, Brasil, ISSNe 2318-602X

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia